top of page

Sono e o Sistema Imunológico



Temporada de doenças entre as crianças e nós pais também sofremos, seja vendo nossos filhos doentes ou mesmo contraindo a doença. Se este é o caso na sua casa, quero te perguntar: como está o SEU sono e o da SUA criança?


Sono é a fundação da saúde, vindo primeiro inclusive que dieta e exercício.

Um dos maiores pesquisadores do sono da atualidade, Matthew Walker, traz informações relevantes sobre sono e o sistema imunológico de adultos e crianças, e estou aqui para compartilhar com você em primeira mão:

  • Um estudo mostrou que dormir menos de 7h por noite nos deixa 3x mais propensos a contrair o Rhinovirus (gripe comum). Dormir menos de 5h por noite aumenta 70% a chance de contrair pneumonia.

  • Um estudo limitou o sono de indivíduos saudáveis para 4h por uma noite apenas e analisou sua quantidade de Natural Killer Cells no dia seguinte, tendo uma incrível diminuição de 70%.

É um estado alarmante de deficiência imunológica. Em apenas uma noite o estrago já é enorme, imagina várias semanas ou anos em privação de sono. Lembrando que o sono saudável para adultos está entre 7-8h e para crianças no mínimo 10h de sono noturno.


Quando ficamos doentes só queremos dormir e descansar… E isso tem tudo a ver com o sistema imunológico! Principalmente em sono profundo (primeira parte da noite) estágio 3 e 4 o corpo inicia uma regeneração e recarga do sistema imunológico. Quando temos uma boa noite de sono em quantidade e qualidade, nosso sistema imunológico está mais robusto, mais resiliente e consegue combater melhor as doenças.


Um outro estudo recente descobriu que privação crônica de sono pode inclusive afetar nosso DNA. O estudo analisou indivíduos saudáveis e os limitou para 6h de sono por noite por 6 noites, e observaram que uma incrível e relevante quantidade de 711 genes tiveram suas atividades normais distorcidas causadas pela falta de sono. Metade destes genes aumentaram sua atividade e outros reduziram. Os que reduziram, foram os genes ligados à imunidade. Os genes que aumentam, são os genes que causam inflamação crônica, stress e alguns tipos de tumores.


Dormir pouco está basicamente nos modificando geneticamente. Se as crianças e adolescentes não conseguem dormir o quanto realmente precisam ou não têm um sono de qualidade, podemos estar infringindo essas mudanças genéticas negativas desde já.


Este não é um post para deixá-los assustados ou ansiosos, mas sim um apelo importante de que não podemos mais ignorar os problemas de sono das crianças, adolescentes e nossa própria higiene do sono enquanto pais.


Busque ajuda profissional para toda família com uma Educadora Integrativa do Sono.

8 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page